terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Cabelo, cabeleira, cabeluda... descabelada!



Tô irritadíssima com meu cabelo.
Ele sempre foi super liso. Hj em dia é a sensação, mas quando eu tinha meus 14/15 anos eu odiava, vivia fazendo permanente...rs
Eu faço mechas. Fica lindo, mas detona. O fio fica encorpado, não fica mais tão lisinho qut antes. Pra desembaraçar é uma vida, extremamente seco, mesmo fazendo hidratação direto (mas mega oleoso na raíz, o que me obriga a lavar diariamente pra não parecer pasteleira).
Não posso nem pensar em deixar natural. Tenho muito cabelo branco (desde meus 21 anos), então, clarear foi a melhor opção para disfarçar essa desgraça situação.
Agora compro uns potões de creme. Passo na hora do banho e desembaraço alí mesmo, facilita o depois.
Além de tudo isso, tá sem corte, sem graça.
Tá comprido, atrás ele passou do fecho do sutiã, sabe? Mas não tá bonito.
Minha cabelereira é super concorrida, ela é fera nas mechas. Como sou cliente antiga, já deixei marcado desde setembro, pq é impossível conseguir horário em dezembro.
Então, a partir de quinta virarei gente.
Quinta: retoque da raíz/mechas claras e escuras;
Sexta: pedicure e depilação;
Sábado: corte.
Eu corto só as pontinhas com ela. Mas quando é pra fazer algo diferente ou repicar, prefiro ir num bicha...rs
Aliás, não tenho mto apego com cabelo. Tem gente que não corta por nada, vive com a mesma cara a vida inteira. Eu não aguento.
Se eu tivesse rosto mais fino, eu cortaria curto, bem loquinho. Acho lindo, jovial, além de prático. Mas com esse rosto de Trakinas, nem pensar.

Só tenho andando de cóque. Logo vão me perguntar se virei evangélica...rs

0 comentários: