domingo, 11 de abril de 2010

Lápis Faber Castell - Divagações

Às vezes tenho vontade de fazer um blog especialmente para tratar das minhas divagações. Penso em tanta abobrinha, que acho que deve ter louco que tb pensa, e que não quer se achar um louco solitário.
Mas como não tenho tempo e nem paciência para manter mais de um blog, vou ter que encher vcs com minhas insanidades...rs
Esses dias eu estava pensando sobre o famoso sonho de possuir a tão almejada, idolatrada, salve salve CAIXA DE LÁPIS DE 36 CORES DA FABER CASTELL!
Gentem, acho que quem tem a mesma faixa de idade que eu (36, uia, combinou com 36 cores!!!) deve ter passado por isso, pq já vi algumas almas falando sobre isso.
Vou contar a minha saga about it:
Qud eu estudava, lá no antigo primário, meu sonho era ter a dita cuja, juntamente com as canetinhas. Tive que me contentar com caixa de lápis de 12 e canetinha de 6. Na minha época, eu querer não queria dizer nada. O querer (e poder) teria que vir da minha mãe (e nunca queria ou podia).
Mas esse sonho me perseguia (tipo Forrest Gump!rs)
Todo mundo sonha que quando tiver o SEU primeiro salário, vai comprar o tal sapato, a tal jaqueta, o tênis Nike, o relógio não sei o que e por aí vai.
Mas adivinhem o que fiz com o meu primeiro pagamento?
Pois é!
Lembro disso e fico com pena de mim mesma.
Não é bem pena, sabe?
É, de certa forma, um orgulho.
Eu tinha 15 anos, trabalhei numa loja que na época de voltas às aulas, vendia tudo de papelaria.
Minha ex-cunhada era encarregada dessa loja. Falei pra ela que queria comprar a tal caixa, mas tava cara (eu ganhava uma miséria, hj salário mínimo é mto mais que aquela época). Então, pra me dar uma força, ela rasgou a caixa e fez pela metade do preço.
Cheguei em casa com a bichinha, enchi de durex pra consertar o rasgo, e quase pus num quadro, de tal feliz que fiquei! rs
Esses dias comentei isso com a minha manicure, e ela disse que tb sonhava, principalmente pelo lápis cor azul piscina! Confesso que nem lembrava dele...rs

Hj em dia, a maioria das crianças/adolescentes nem imaginam o que é sonhar com uma caixa de lápis. Sonham com o Playstation, com a roupa de tal marca, com o celular, com o show do fulano, etc. Coisas "pequenas" passam despercebidas, provavelmente pq vêm fácil (infelizmente, tão fácil como as coisas grandes tb...)
Eu precisei começar a trabalhar, choramingar pra encarregada, lesar a loja pra conseguir a tal.
A que eu tive não é igual a da foto. Era uma embalagem verde, que abria ao meio. Não achei a imagem antiga...
Logo contarei a saga do tênis Montreal...rs

2 comentários:

Nani disse...

Oi Lu!
Eu sou um pouco mais nova, mas sei bem do que vc está falando! Hoje a vida é outra, a diferença entre comprar essa caixa e a menor não é tão grande, assim como outras coisas.

Hoje as pessoas se endividam mesmo que não tenham tantas condições de pagar, mas a imagem importa tanto que é melhor ter o videogame e pagar durante o ano todo do que esperar um ano juntando o dinheiro e adquirir o sonhado item de consumo. Não dá mais tempo pra sonhar, é tudo muito urgente. O crédito é fácil, mas é uma sensação ilusória. Muitas pessoas têm carrões, mas moram mal. Têm roupas maravilhosas, vestem-se muito bem, mas têm dívida no cartão de crédito a perder de vista. Afinal, para muitos, imagem é tudo. E aí entra que os filhos não podem se sentirem inferiores a ninguém, então é mais difícil encontrar esse sonho ingênuo infantil.

Mas é assim, o tempo passa e as coisas mudam mesmo.

Ainda acho que é nossa responsabilidade fazer brotar o sonho em nossos filhos, nos policiando para não passarmos valores errados. Quando tiver os meus me esforçarei para conseguir...

Beijos e boa semana!

Coisas de Clarita disse...

aiaiaiiiiiiiiiii eu sou normal. kkkkk tbm sonhava com essa caixa, minha irma mais velha tinha mas nao emprestava, (mesquinha).a minha era uma de 12 e pekena ainda... Fui comprar uma qdo entrei pro cientifico e ja trabalhava ai q delicia foi... mas é assim mesmo. hj os filhos nao valorizam essas coisas... os meus vivem querendo brinquedo, depois de 2 dias ta tudi esparramado... ai de mim q sonhava, sonhava e nao ganhava... hj e tudo mais facil.

bjs linda.